Posts Marcados ‘vintage’

10 IDEIAS PARA O INVERNO

Quando a temperatura começa a cair a gente sempre pensa que aquele casaco básico e quentinho pode resolver qualquer look de inverno. Só que não… Pode até dar certo uma vez, mas sem chance de repetir a mesma roupa a semana toda. Que tal aplicar uma fórmula certeira para criar o look nosso de cada dia? Experimente seguir esta receitinha infalível:
Ingredientes: peças-chave (aquelas atemporais e curinguinhas do closet), pitadas de moda vintage (peças e acessórios originais ou inspirados no visual de outras décadas), hot hits da temporada (cores, shapes, texturas, prints e outras tendências da estação) e muito tempero de estilo (que pode ser o seu ou inspirado no streetstyle das itgirls)
Modo de preparo: defina o ambiente (trabalho, lazer, escola, relax), escolha o objetivo do look (prático, sexy, arrasador, inusitado, divertido). Misture tudo ao mood do dia e finalize com seu tempero preferido: boho, vintage, minimal, romântico, grunge, clássico…
Confira o resultado dessa fórmula nos looks das itgirs e incremente sua receita com personalidade e estilo!
(1) CASACOS + (2) TEXTURAS + (3) SHAPES (4) SOBREPOSIÇÕES + (5) MIX DE ESTAMPAS (6) COURO (7) ACESSÓRIOS + (8) TRUQUES DE ESTILO (9) ESPORTE + (10) MASCULINO CONFIRA AS TRENDS DE INVERNO DA YOUTOPIA

CASACOS VINTAGE PARA USAR JÁ!

Inverno vai inverno vem, alguns casacos resistem, seja por suas características de design clássico, como um bom trench coat bege, seja por sua matemática perfeita entre caimento, proporção, material, cor e até um certo exotismo. No caso das peças vintage, tanto um como o outro são ótimas apostas. Saiba quais modelos estão fervendo nas ruas e escolha o que mais combina com o seu estilo e humor.
Nos looks de street style do último inverno internacional, as apostas recaem sobre o casaco xadrez amplo, tanto em modelagem de blazer estilo anos 90, como outros modelos mais pesados. Uma peça clássica e que viaja na história da moda, saindo do guarda-roupa masculino e passando por várias décadas do século 20, principalmente dos anos 60 aos 90, seguindo a moda de cada época.
Preferencialmente de lã, o casaco com detalhe de pelo na gola ou nos punhos é um eterno companheiro de quem adora um toque de glamour do passado. Alongado e acinturado, traz de volta a elegância dos anos 30, reinterpretado nos anos 70 e reinventado a cada temporada de frio. A modelagem que mais valoriza a silhueta, vale ter pelo menos um no guarda-roupa.
O trench coat, clássico dos clássicos, nunca decepciona. Nada combina tão bem com tudo e com todos os estilos do que um bom trench coat. Curtos e casuais, longos e bem chiques, de tecidos variados e cores mil, é o investimento mais certeiro na hora de escolher um casaco.
Mas se você ama vintage e gosta de se diferenciar, a moda também está para você. Desde que Alessandro Michelle, da Gucci, abriu as portas de seu mundo fantástico, inaugurando assim a era dos novos excêntricos, tudo ficou mais rebuscado, colorido, enfeitado e brilhante. Nesse caso, não importa muito a modelagem do casaco, desde que ele tenha aquela combinação certeira entre tecido, estampa e detalhes que o torne especial.
Na hora de escolher o seu casaco vintage deste inverno, saiba que mais vale ter uma peça única e especial do que muitas sem identidade e que não dizem nada sobre você.
Inspire-se nos looks das ruas! CONFIRA A SELEÇÃO DE CASACOS VINTAGE ORIGINAIS YOUTOPIA!

A HISTÓRIA DO VESTIDO PRETO

Um vestido preto sugere sofisticação, poder e sensualidade. Um curinga no armário das mulheres, ele é tão básico que combina com praticamente tudo, o que lhe permite ser usado durante o dia com tênis, mochila e acessórios coloridos, ou à noite, numa produção mais elaborada.
O surgimento do que hoje chamamos de “pretinho básico” data de 1926, ano em que a revista “Vogue” publicou uma ilustração do vestido criado por Chanel – o primeiro entre vários que a estilista iria criar ao longo de sua carreira.  

Ilustração do primeiro vestido preto que virou moda, criado por Chanel e publicado na revista Vogue, em 1926.

DOS ANOS 20 AOS 50 Antes dos anos 20, as jovens não podiam usar preto e as senhoras o vestiam apenas no período de luto.

 A década de 30 começou com a grande depressão, resultado da quebra da Bolsa de Valores de Nova York, e terminou com a 2ª Grande Guerra. Além de estar fora de moda a ostentação, as mulheres estavam saindo para trabalhar fora de casa. Nesse cenário, as roupas para o dia tornaram-se mais sérias e o vestido preto se mostrou perfeito para a nova mulher que surgia. 

Apenas em 1947 o vestido preto se transformou, ano em que o estilista francês Christian Dior lançou o seu New Look, um novo estilo de roupas, com cinturas apertadas e quadris avantajados, valorizando as formas femininas. O uniforme dos anos 50, que se espalhou pelo mundo, era um vestido preto, com golas e luvas brancas, usado com um colar de pérolas, sapatos coloridos e uma estola de pele. Acabou assim, junto com a guerra, o modo simples e econômico de se vestir.

Nos anos 1950, a moda usar a cintura bem marcada e a saia rodada. O modelo preto era chique!

DOS ANOS 60 AOS 80
O pretinho tornou-se realmente famoso nos anos 60 e início dos 70. Chique, usado por Jacqueline Kennedy, elegante e feminino no corpo de Audrey Hepburn, no filme “Bonequinha de Luxo”, de 1961, cujo figurino foi criado pelo estilista francês Hubert Givenchy, e descontraído, feito de crochê, na pele da atriz Jane Birkin, em 1969. 

Após a moda psicodélica da década de 70, a cor voltou para disputar poder com os homens, nos anos 80. Preocupadas com o sucesso profissional, as mulheres precisavam de uma roupa simples e elegante, que fosse a todos os lugares. Mais uma vez, o vestido preto se tornou a melhor opção.

Audrey Hepburn em cena do filme “Bonequinha de Luxo”, que traz um figurino com os mais lindos vestidos pretos do cinema.

ANOS 90 Nos anos 90 ele continuou sendo uma peça básica do guarda-roupa feminino, feito com os mais diversos tecidos, do modelo mais simples ao mais sofisticado, usado em todas as ocasiões e em todos os horários. Por tudo isso o vestido preto se tornou o grande clássico do guarda-roupa feminino, aquele que garante as duas características básicas ao mesmo tempo – simplicidade e elegância.
Abaixo, uma seleção com os vestidos pretos mais lindos da nossa loja. Para você se inspirar e comprar agora!

BOTAO COMPRA

BLOCO FASHION

É hora de botar o bloco fashion nas ruas. Escolha looks divertidos, confortávéis e, claro, com muito estilo.
Não importa se a folia vai rolar no bloquinho, no trio elétrico, na balada ou no baile. Aposte nas trends de verão cheias de referências vintage, coloridas, sensuais e modernas pra criar produções criativas e surpreendentes.
O melhor de tudo, as peças que você precisa já estão lá no seu closet. Veja a lista: shorts, vestidinhos, tops cropped, bodies, bralettes, biquínis, saias (míni e longas), hot pants, maxibijus, tiaras, lenços, slippers, tênis, botas, flatforms e sandálias confortáveis. Basta escolher a tendência que mais combina com seu mood carnaval pra entrar neste bloco fashion.
Quer seguir a onda retrô? Invista no visual vintage. Slipdress, rendas, transparências e miçangas garantem o glamour 20s. A vibe sessentinha pede candy colors ou bld básico com muitas pérolas do tipo Bonequinha de Luxo. Mas se quiser cobrir seus looks com a efervescência dos 80s, vá de body strech, muita cor, glitter, lurex, tule e metalizados. Repetir o mix rocker-boho-punk dos festivais de música também tá valendo. Mas se a brasilidade bater forte, exagere nos balangandãs. turbantes e nas estampas tropicais. E quando o momento pedir sensualidade voe alto com as asinhas e os corpetes das Angel’s Girls.
Inspire-se nos looks das fashionistas:
MONTE SEUS LOOKS DE CARNAVAL COM AS PEÇAS  DA YOUTOPIA

FOCO ANIMAL

O animal print continua hit nas passarelas e nas ruas.
As queridinhas continuam sendo a onça e a cobra. Mas, claro, vale investir em outros bichos, como zebra, girafa e tigresa.
Nas passarelas a estampa surge estilizada, clássica ou renovada por cores e texturas inusitadas. No streetstyle das it girls, o print faz mix&match com florais, xadrezes, listrados e poás e ganha vibe descolada. Já ao lado de cores fortes cria produções impactantes e modernas. Enquanto o visual sexy-cool adota o animal e faz total look poderoso.
Quando a proposta é dar ousadia na medida às produções minimalistas, o truque de styling certeiro é adicionar acessórios com texturas e estampas mais vibrantes.
PASSARELAS INTERNACIONAIS VERÃO 2018
STREETSTYLE DAS IT GIRLS ADOTE SEU BICHO NA LOJA ONLINE  

A MODA VINTAGE DE BRUNA LINZMEYER

O visual vintage-boho-chic do personagem de Bruna Linzmeyer na novela global A Força do Querer está causando no mundinho da moda.
O figurino de Cibele, criado pela figurinista Natalia Duran, conquistou fãs e fashionistas. O visual que privilegia peças de brechó e vintage e faz mix descolado com itens de grifes pontuados por fast-fashion está no topo da lista de pedidos no site da Globo. Basta a vintage-rocker-girl Cibele surgir na novela com uma dessas produções estilosas para o look se tornar hot-hit imediato.
A atriz também valoriza peças com história e busca reproduzir no guarda-roupa do dia a dia composições que unem a moda vintage com tendências novas no melhor estilo hi-lo. Com sobreposições de tons, texturas, acessórios e comprimentos, o figurino reproduz com perfeição a personalidade rebelde-chic de Cibele, sem deixar pra trás elementos importantes do outfit de Bruna.
Rendas românticas-góticas, franjas boho-gipsy, babados e gola laço vintage-new, veludos hippie-70s e muitos acessórios étnicos-vintage são a base do visual moderno e bem construído de Cibele.
Confira os looks mais marcantes do personagem e se inspire na riqueza dos detalhes da moda vintage desse figurino.
COLETES MISTURAM ALFAIATARIA, BOHO E GIPSY
CASAQUETOS E TRENCH CLÁSSICO ASSINAM LOOKS VINTAGE
BABADOS, JABÔ, RENDAS E LACINHOS CRIAM VISUAL ROMÂNTICO-COOL
SOBREPOSIÇÕES DE ACESSÓRIOS COM PEGADA VINTAGE-ÉTNICO
ENCONTRE OS LOOKS DE CIBELE NA YOUTOPIA

BOHO STYLE É HIT!

Aderir ao boho-chic, ainda que seja só como mood do dia, pode ser divertido. Experimente!
O estilo boho, bohemian-chic, é um mix de estilos e tendências: hippie, étnico, punk, folk, country, gitano, vintage, rocker, barroco. O resultado? Um visual único, fun, chic, personalizado. Apesar de parecer despojado e eclético, o estilo exige um pensamento elaborado para criar as composiçoes. É preciso juntar um pouco de cada tendência, usar criatividade e fazer sobreposições descoladas. Nada tão casual, mas com certeza com efeito surpreendente.
Valem estampas, tons terrosos, branco, couro, shapes fluidos, maxi comprimentos, bordados, crochê, pelos, rendas, franjas e muita influência da moda vintage. E, claro, tudo megapontuado por acessórios  e com truques e segredos de styling.
Musas do boho-chic, Kate Moss e Sienna Miller foram percursoras do estilo com produções cheias de referências de moda vintage, mix hi-lo e personalidade de sobra. Produções total boho ou apenas perfumadas pelo estilo surgem a cada nova temporada nas passarelas e no streetstyle das fashionistas. Confira.