Posts Marcados ‘vintage’

VESTIDO DE MANGA LONGA, O NOVO MUST HAVE

Não é mais uma questão de estação do ano ou ocasião, o vestido de manga longa veio para ficar! De essência vintage, o modelo foi impulsionado pela sucessão de lançamentos da italiana Valentino há várias temporadas, seguida pela Gucci de Alessandro Michelle, o game changer da vez.
Acinturado, de mangas e comprimento longos, o vestido do momento tem inspiração em outras épocas. Carrega a feminilidade do início do século 20, antes da silhueta se tornar reta e solta. Detalhes de babadinhos delicados, bordados, transparências e fendas surgem para dar sensualidade e trazer a peça para o presente.
Outro modelo de manga longa que caiu nas graças das fashionistas é o mídi retrô, de comprimento logo abaixo dos joelhos. Cheio de referências seventies, o vestido de tecido leve é superdemocrático, pois vai ao trabalho e à festa, veste bem todos os tipos de silhueta e tem estilo de sobra.
Para quem não curte os comprimentos mídi e longo, ainda é possível surfar nessa onda com os modelos mais curtinhos, acima dos joelhos. Delicados, com transparências e, em geral, acinturados, eles também fazem bonito em qualquer ocasião.
Nas passarelas, estampas e detalhes luxuosos.
Nas ruas, comprimentos variados e muitas cores.
 
SELEÇÃO ORIGINAL VINTAGE YOUTOPIA DE VESTIDOS MANGA LONGA! BOTAO COMPRA  

O MELHOR DOS ANOS 90

Diversidade, liberdade e convivência pacífica entre estilos. A moda dos anos 90 soube assimilar e se apoderar das heranças de décadas passadas para lançar tendências que permanecem até os dias de hoje. Conviveram em harmonia os exageros de cores, estampas e brilhos, o decorativismo, o minimalismo, a estética perua do animal print, o grunge, o new hippie e o gótico.
A década de 90 ficou marcada pelo início da globalização, da era da informação de massa. Os movimentos culturais e comportamentais foram os grandes motores da criatividade e da diversidade de estilos.
É nesse contexto de liberdade e de atitude sem preconceitos que a moda floresce. É o começo da personalização do estilo, da força das marcas e da exposição da imagem. O visual de celebridades e top models são reverenciados e copiados. As grifes internacionais se reinventam como símbolos de status e oferecem acesso ao mundo glamourizado das revistas e do showbizz.
Enquanto as top models saem das capas das revistas e das campanhas publicitárias de moda e ganham status de celebridade, atrizes e cantoras se tornam “embaixadoras” de grandes marcas de roupas e acessórios. Impossível desassociar Sarah “Carrie Bradshaw” Parker da sua coleção de Manolo Blahnicks, Christian Louboutins e Jimmy Choos, em Sexy and the City. E o icônico sutiã Cone Bra desenhado por Jean Paul Gaultier para Madonna na turnê Ambition Tour? Isso tudo antes do poder das mídias sociais, quando todos lutavam para ganhar fama em um mundo de informações fragmentadas.
Nas passarelas essas vertentes criativas e o estilo dos ícones midiáticos se materializavam. A década foi tão marcante e multi que ganha revival a cada nova temporada. Ressurge com novos conceitos visuais mas nunca perde a essência original. Decote ombro a ombro, babados, saias mídi plissadas, lápis ou franzidas, animal print (especialmente o leopardo), gargantilhas e brincos de argola, são algumas tendências com presença obrigatória no verão. Veja o que mais vai estar nas ruas nas próximas estações:
Calça curta (cintura alta, tornozelos à mostra, largas)
Calçados (salto plataforma, tratorado, anabela, sandálias Bierkenstock)
Calças e jardineiras jeans (lavagem clara, decorados, detonados, cintura alta, estilo mom, skinny, boyish, flare, oversized)
 Vestidos (longo, curto, fluído, estampas com fundo escuro, sobreposições com camisetas, slipdress)
Top cropped (ajustado e menos curto, sempre com cintura alta) e pochete (mimos grifados)
Xadrez do Grunge (camisas e coturnos) e das saias College (godê ou plissada)  
ENTRE NA MODA VINTAGE ANOS 90 COM AS PEÇAS EXCLUSIVAS YOUTOPIA BOTAO COMPRA    

CAMISETA VINTAGE – 20 JEITOS DE USAR A NOVA MANIA DA MODA

Rainha do streetstyle e queridinha das famosas mais descoladas, a t-shirt vintage já é um clássico e desde que apareceu, em versão reloaded, na passarela do desfile-sensação da Chanel em Cuba, virou desejo imediato.
A camiseta branca, preta ou listrada já é um item básico e essencial no guarda-roupa unissex. Aquela peça que vai com tudo e compõe o hi-lo da moda como nenhuma outra faz. A novidade agora é a t-shirt com cara de outras épocas, de tons lavados e logos de marcas e bandas antigas. Nesse clima, vale o modelo inspiração ou, melhor ainda, a vintage de verdade. Não importa se ela já está com o tecido bem podrinho ou com a impressão desgastada. A ideia é essa mesma!
Se uma das grifes mais celebradas do planeta aposta na camiseta de inspiração vintage em sua passarela, compondo com as outras peças de luxo da coleção, é o start para as fashionistas imediatamente aderirem ao estilo. Porém, neste caso, o item já estava sendo desfilado nas ruas das principais cidades do mundo pelas it-girls mais influentes, como a russa Miroslava Duma e a modelo Kendall Jenner.
Com uma t-shirt vintage, é possível criar looks para todas as ocasiões e estilos. Exercite a imaginação e inspire-se nos looks das ruas e das passarelas!
CAMISETA + SAIA LONGA rendem looks para o dia e para a noite.
CAMISETA + SAIA MÍDI, o look mais visto por aí é prático e superestiloso.
CAMISETA + CAMISA ou CARDIGàpara um visual urbano, do grunge ao retrô.
CAMISETA + BLAZER ou CASACO vai ao trabalho ou a um compromisso noturno.
CAMISETA + JEANS é a dupla que serve de base para qualquer sobreposição.  
APOSTE NAS T-SHIRTS VINTAGE ORIGINAIS E ÚNICAS YOUTOPIA! BOTAO COMPRA  

UM NOVO OLHAR PARA O COCKTAIL DRESS

Quase 100 anos depois de sua criação, o cocktail dress continua a ser a peça-statement de todos os tempos. Capaz de circular livremente “around the clock” por sua versatilidade e pelo DNA de sofisticação, tornou-se o uniforme de todas as it girls e celebs.
Como a maioria das criações de moda do século passado, o cocktail dress tem sua história contada no vai e vem da austeridade imposta por duas guerras mundiais. Assim, o estilo avançou e recuou de acordo com as superações econômicas de cada década, até se tornar um ícone de elegância incontestável que permanece até os dias atuais.
A ideia de vestuário “after five” surgiu nos anos 1920 para suprir a demanda norte-americana por roupas menos formais para as cocktails parties, os clássicos eventos do final da tarde. Apesar desse comportamento não fazer parte da cultura francesa, estilistas como Chanel e Vionnet investiram na criação de trajes específicos para atender essa clientela americana ávida pela moda europeia. Inicialmente, como conjuntos com calça palazzo, shapes lânguidos e assimétricos, ao longo das décadas foram ganhando formas diferentes e se popularizaram entre socialites e jetsetters internacionais. As silhuetas retas foram abandonadas e as saias se tornaram mais volumosas e subiram as barras, dando destaque aos sapatos e aos acessórios. Em 1947, quando Christian Dior traz de volta o romantismo para as passarelas com as cinturas marcadas e a estética recatada do New Look, o cocktail dress se torna moda universal para as mulheres e item obrigatório nos eventos vespertinos.
Um vestido de cocktail pode ser decorado ou liso, cavado ou com mangas compridas, preto ou em tons preciosos, acinturado, com certeza, e nunca longo. De lá para cá, ganhou características mais modernas e as barras subiram mais um pouco, mas o vestido nunca perdeu os códigos de glamour e a capacidade de sair do dia e entrar na noite. Simple chic!
O dress code “after five” de Chanel, Vionnet e Dior…
…se tornou o outfit oficial das celebridades
CONFIRA NOSSA SELEÇÃO IMPERDÍVEL DE COCKTAIL DRESSES BOTAO COMPRA  

TAPEÇARIA FASHION

Na onda do resgate dos trabalhos manuais e do vintage na moda, a tapeçaria tomou conta de roupas e acessórios com bordados em forma de flores e arabescos com pitadas étnicas. Parte da cultura de diversos países, o trabalho de tapeçaria traz motivos variados e contam um pouco da história de cada lugar.
Nas passarelas das últimas temporadas, tapetes, cortinas e almofadas inspiraram a criação de casacos, vestidos, saias, conjuntinhos, bolsas e até sapatos. Nas ruas, os looks trazem um mix esperto de acessórios vintage, como as belas bolsinhas de tapeçaria antiga, com outras peças minimalistas, ou ainda um mix total e superfashion de casaco ou vestido, bolsas ou sapatos, tudo junto e misturado, com diversos tipos e motivos tapestry.
Nas passarelas, muitas flores trazem de volta o universo da decoração vintage.
Nas ruas, mix de cores e muitos jeitos de usar, do romântico ao bohemian chic.
CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DE PEÇAS VINTAGE DE TAPEÇARIA! BOTAO COMPRA    

O RITMO VINTAGE DE TAYLOR SWIFT

Adepta da moda retrô, a cantora pop Taylor Swift se tornou um ícone fashion incontestável e conquistou uma legião de seguidores que se inspiram nos seus looks cheios de atitude e referências vintage.
Taylor Swift é jovem, talentosa, famosa, rica e polêmica. Tudo junto e misturado, claro, como convém a uma superstar global. Desde que desbancou a über diva Beyoncé com o prêmio de melhor vídeo feminino do ano por “You Belong  with Me” no Video Music Awards de 2009, quando tinha apenas 20 anos, Taylor causa controvérsia com sua personalidade e estilo marcantes.
Considerada uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista Time, a cantora pop transcende títulos e prêmios da indústria da música e ocupa o topo no ranking das celebs mais estilosas do mundo.
No red carpet ou nas ruas, surpreende com looks impecavelmente elaborados. Entre tops cropped, saias plissadas, blusas com gola laço, hot pants e conjuntinhos, o vestido retrô é a peça-chave do outfit da superstar. Estampas, cintinhos finos, saias rodadas e acessórios vibrantes ou adocicados marcam as produções da musa teen. Siga o compasso de Taylor Swift e saiba como adicionar a tendência vintage ao seu closet.
ESTAMPA RETRÔ
CINTINHO MARCANDO A CINTURA
MIX DE TONS FORTES E ADOCICADOS
QUER ADOTAR O ESTILO RETRÔ DA TAYLOR SWIFT? CONFIRA AS PEÇAS YOUTOPIA BOTAO COMPRA

O CASACO RETRÔ CHIQUE DE ONTEM, HOJE E SEMPRE!

Se você já assistiu o filme “Os Excêntricos Tenenbaums” (The Royal Tenenbaums), do diretor Wes Anderson, com certeza se apaixonou pela bela e estranha Margot, personagem de Gwyneth Paltrow. E mais ainda pelo figurino quase único, composto por um vestido esportivo retrô, um casaco de pele caramelo, mocassins e uma Birkin. Essa estética geek retrô não é nova e já vimos muito nas passarelas da Prada, por exemplo, que sabe como ninguém unir modernidade e tradição. Mas agora, a Gucci de Alessandro Michele injetou jovialidade ao estilo, que se tornou o novo queridinho de fashionistas, editores de moda e celebs em geral. Se existe um item para apostar e que vai além da moda momentânea é o casaco de pele (fake sempre) em tons de bege ou marrom. A peça tem o poder de criar tanto o look chique com ar vintage, como um visual clássico e elegante, apenas trocando as peças e os acessórios. Aposte e deixe o seu inverno mais estiloso e o seu guarda-roupa mais chique.
blog_margot

À esquerda, o look da Gucci, ao lado da bela e excêntrica Margot, em cena do filme The Royal Tenenbaums.

Abaixo, o achado da nossa loja é um casaco vintage exclusivo de pele fake para comprar agora e usar sempre!

CASACO VINTAGE MARGOT STYLE

BOTAO COMPRA