O CYCLE CHIC TOMOU CONTA DAS CIDADES

Veja como o movimento cycle chic une moda e ciclismo e virou o esporte preferido das fashionistas.
Desde que andar de bicicleta deixou de ser só esporte ou lazer dos finais de semana das metrópoles para se tornar lifestyle, criar looks antenados para pedalar com estilo se tornou obrigatório. De pequenos trajetos divertidos ou funcionais ao uso como meio de transporte oficial para trabalho, faculdade e festas, a regra do cycle chic é personalizar o visual para desfilar nas ruas da cidade.
Mas a ideia cycle chic está longe de ser novidade. Fashionistas e celebs de décadas passadas já investiam nesse visual cool para pedalar. De lá pra cá, o dress code continua o mesmo: roupas confortáveis e versáteis, que atendam às frequentes mudanças de clima das cidades, e que permitam pedaladas seguras e cheias de estilo.
Hipster, grunge, rocker, lady like, geek, boho, vintage, minimal… Democracia absoluta. Tem de tudo!  E, claro, as bikes também entram na corrida do estilo com decorações e adereços estilizados de acordo com cada tribo. Confira como a tendência virou o esporte preferido de 10 entre 10 fashionistas.
Dos anos 30 até os dias de hoje, a tendência cycle chic une moda e ciclismo e domina as ruas do mundo todo. 
PEÇAS DA LOJA PARA SEGUIR O ESTILO CYCLE CHIC BOTAO COMPRA  

A MODA QUE NUNCA FICA FORA DA MODA

Aproveite que a moda está cada vez mais atemporal e considere reciclar seus looks de inverno para criar produções antenadas e com a cara da próxima estação.
Mesmo que você ainda não tenha aderido totalmente a moda vintage, a onda retrô, ao eco-chic ou ao slow-fashion, movimentos com pegada sustentável e valorização dos processos e das tradições, saiba que o questionamento no jeito de produzir e desenhar moda está impactando de forma criativa e inovadora o ato de criar e usar a moda.
O passado ganha dimensões maiores e, a cada nova temporada, décadas são cultuadas, revisitadas e recicladas no sobe e desce das tendências. Todos estão em busca de um design atemporal e rico de valores estéticos para colocar nas ruas coleções autênticas e perenes. O descartável não combina mais com o mundo engajado que a moda vive. Está comprovado que consumir de forma mais consciente não inviabiliza a criatividade, nem inibe a velocidade com que as informações são absorvidas. Pelo contrário, incentiva o consumo como expressão do estilo pessoal, da individualidade.
Basta acompanhar o ritmo que a moda imprime ao ciclo passarelas-ruas/ruas-passarelas para entender que o termômetro da moda não mede mais só a temperatura da estação e do novo. Mede o estilo e o calor da personalização do streetstyle das fashionistas, anônimas ou famosas. É na moda da ruas que as tendências são consagradas, misturadas e convivem em harmonia o novo e o velho, sem preconceitos ou datas. Dando forma aos movimentos de valorização da própria moda.
Amanhã, quando você for montar o look do dia, eleja suas peças favoritas e recicle sua criatividade. Inspire-se!
BLAZER Todos têm. Se ele for oversized, como os modelos 90’s que circularam nos dias mais frios, ganha mais modernidade com peças curtas ou fluidas.
CALÇA CURTA Claro que você tem uma calça básica de outras temporadas. Mesmo que a modelagem não seja larga, você pode dobrar a barra e encurtar a peça para deixar o look mais moderno.
BOMBER A jaqueta mais atemporal da moda. Lisa ou estampada, faz bonito do casual ao clássico. No frio ou no calor é garantia de looks descolados.
SAIA PLISSADA Ela nunca saiu da moda. Com t-shirt, top cropped e jaqueta, é multi e encara todas as temperaturas e ocasiões.
GOLA LAÇO Se a sua camisa não tem gola laço, você inventa. Uma fita ou uma echarpe fazem as vezes do laço e arrematam o look.
INSPIRAÇÃO VINTAGE COM AS PEÇAS YOUTOPIA BOTAO COMPRA